Projeto B.I de Cuiabá-MT reconhecido mundialmente

Bom dia com muito orgulho posso compartilhar mais uma vez sobre o caso de sucesso em BI Microsoft implementado no TJ-MT com repercussão regional e mundial.

 

Notícia publicada pelo TJMT

http://www.tjmt.jus.br/Noticias/40491#.VbJLEsvbIqN

http://www.tjmt.jus.br/Assistir/5833/19?isGrupo=False

Notícia Publicada em mídia regional

http://midianews.com.br/conteudo.php?sid=3&cid=238035

 

Pelo segundo ano consecutivo a Allen MT conquista uma premiação Microsoft, uma empesa em Mato Grosso que leva o nome de nosso Estado para o Mundo. Geralmente empresas de regiões como a nossa não são reconhecidas e não são consideradas melhores no que fazem, mas pelo segundo ano conseguimos comprovar que Mato Grosso e região pode contar com uma empresa que oferece ao mercado as melhores tecnologias existentes, reconhecidas mundialmente, e esse ano em especial foi a primeira vez que em uma premiação Microsoft Mundo uma empresa Brasileira é classificada como finalista.

 

Notícia Publicada no site da Microsoft – Premiação de 2015

Parceiros premiados no WPC 2015

 

Notícia publicada em revista especializada de TI – Empresas mais competentes Microsoft 2015

Artigo “Mais competentes” parceiros Microsoft 2015

 

Muito obrigado a todos os clientes que confiaram em nosso trabalho, a nossa equipe que desempenhou com maestria sua função.

É um grande orgulho saber que o mundo da tecnologia agora conhece o Estado de Mato Grosso.

 

Nosso objetivo é poder no próximo ano levar ao topo o nome de nosso Estado conquistando melhor case mundial.

 

Abs.

José Masson Júnior

Gerente de Produtos | MT/MS/RO/AC

Tel: 65 3052-1866

Cel: 65 8138-7893 (vivo)

Tutorial: Many-to-many Dimension Example for SQL Server Analysis Services – TechNet Articles – United States (English) – TechNet Wiki

A melhor ilustração que encontrei de como trabalhar com o relacionamento de many to many (muito para muitos) no uso de dimensões intermediárias no Analyze Service Multidimensional. Me Resolveu um grande problema hoje.

Segue link do artigo.

Tutorial: Many-to-many Dimension Example for SQL Server Analysis Services – TechNet Articles – United States (English) – TechNet Wiki.

Atributos nulls em tabelas fatos – Analize Services

[spider_facebook id=”1″]

Coincidir com os valores de chave na tabela de fatos

Inseri linhas adicionais na tabela de dimensão para coincidir com os valores de chave na tabela de fatos. Se houver valores nulos, use um dos seguintes métodos:

  • Substitua os valores nulos com valores reais.
  • Configure a dimensão ou dimensões para ter um membro desconhecido, definindo as propriedades UnknownMember eUnknownMemberName . Você pode fazer o membro desconhecido visíveis ou ocultas conforme suas necessidades. Para obter mais informações sobre como definir o membro desconhecido, visite o seguinte site da Microsoft Developer Network (MSDN):
  • Use as seguintes configurações na caixa de diálogo Alterar configurações :
    • Defina a propriedade KeyErrorAction para ConvertToUnknown.
    • Defina a propriedade NullKeyNotAllowed para IgnoreError ou ReportAndContinue.
    • Defina a propriedade NullKeyConvertedtoUnknown para IgnoreError ou ReportAndContinue.
    • Clique em Ignorar erros contar.

    Você pode definir essas configurações toda a instância, ou você pode usar uma configuração personalizada para cada dimensão.

Ignorar o erro

Se você quiser processar o banco de dados ou cubo sem corrigir os dados, você pode definir a configuração de erro para a operação do processo ignorar o erro. Você só deve fazer isso como uma solução temporária quando você corrigir os dados subjacentes. Caso contrário, você pode receber resultados inesperados de suas consultas de expressões multidimensionais (MDX).Para ignorar os erros, execute as seguintes etapas:

  1. Na caixa de diálogo Banco de dados de processo – CubeName ou a caixa de diálogo de Cubo de processo –DatabaseName , clique em Alterar configurações.
  2. Na caixa de diálogo Alterar as configurações , clique na guia erros de chave de dimensão .
  3. Clique em configuração de erro personalizada de uso.
  4. Na lista chave não encontrada , altere o valor padrão de relatório e continuar para Ignorar erro.
  5. Clique em Ignorar erros contar.
  6. Clique em OK para fechar a caixa de diálogo Alterar configurações .
  7. Clique em OK para processar o banco de dados ou cubo.

Além disso, você pode definir a configuração de erro para a partição para ignorar o erro ou o cubo.

Atualizando vinculo de relacionamento Dimensões/Fato no Analyze Service Multidimencional

Dentro do Analyze Service Multidimensional, ocorre que em um determinado momento você percebe que não consegue filtrar uma métrica por uma dimensão específica, porque durante a criação do seu DW (Data warehouse) você acabou se esquecendo de criar uma determinada FK ( foreing key). Neste caso não basta apenas atualizar seu visão,  diagrama do cubo, ou mesmo criar o relacionamento de forma manual no diagrama, é necessário além de tudo isso, criar os vínculos dentro cubo na aba “Uso da Dimensão” conforme ilustração das imagens.   image2 image1

Duplicidades em Atributos de Dimensões (Cubo Multidimensional)

Se você trabalha com o Microsoft Analyze Service (Multidimensional) talvez já tenha se deparado com a mensagem de erro:

Erros no mecanismo de armazenamento OLAP: Uma chave de atributo duplicada foi encontrada durante o processamento: Tabela

ou em inglês algo como: Errors in the OLAP storage engine: A duplicate attribute key has been found

 

Isso ocorre porque na compilação padrão de um cubo Multidimensional, se efetua uma séria de verificações e validações da estrutura do DW, entre estas verificação está uma verificação de duplicidades nos atributos de uma dimensão.

Em algumas circunstancias é necessário admitirmos duplicidades nos atributos, quando falamos de atributos estamos falando de qualquer campo da dimensão, ainda que não seja a chave primária.

A solução é muito simples, mande processar apenas a dimensão e na tela abaixo clique sobre “Alterar Configuração”

image1

 

Após isso observe na aba “Erros de Chave de Dimensão” que está marcado para Usar Configuração de Erros padrão”, basta marcar a opção de baixo Personalizada, pois nesta opção é permitido ignorar erros de duplicidades

image2

Ocorre que desta maneira no próximo processamento esta opção não ficará salva, se você deseja deixar esta opção como padrão, você deverá ir no menu Banco de Dados ->Editar Banco de Dados->Avisos-> desmarque a opção  em Design de Dimensão

Não ignore erros de chaves duplicadas. Altere a propriedade keyDuplicate da configuração de erro de forma que não seja definda como IgnoreErro.”

 

 

 

 

 

Translate »